Seguro de moto realmente compensa?

Desde que as motos caíram no gosto nacional como um meio de transporte mais acessível e barato, compacta e mais ágil com relação aos automóveis, causou um aumento também na busca por seguros para esse tipo de veículo.

O seguro pode compensar tanto para você que usa a moto dia a dia moto, quanto para você que usa a moto só para passeio no fim de semana, assim vamos analisar as principais vantagens desse serviço!

Principais vantagens porque um seguro de moto compensa

O que você deve pensar em primeiro lugar quando contrata um seguro de moto é as suas necessidades. Alguns podem cobrir apenas roubos e furtos, enquanto outros oferecem cobertura total. 

Confira algumas dicas de seguro de moto e como tornar o seguro da sua moto mais barato.

Como diminuir o valor do seguro da moto?

Estacionamento: Na hora de fechar a sua cotação a seguradora vai ficar satisfeita de saber que você guarda a sua moto em um estacionamento ou lugar seguro. Se o espaço conta com itens adicionais de segurança, como porteiro e portão automático, o valor do seguro pode cair ainda mais.

Idade: Idade baixa também conta como aumento do preço do seu seguro tipo abaixo de 25 anos. Não há muito o que fazer para reduzir o valor nesse caso, a não ser que você peça para fechar o seguro da moto em nome de outra pessoa, e que você seja incluído como condutor principal.

Frequência na utilização: quanto mais quilômetros você fizer com a sua moto por dia e quanto mais dias da semana colocá-la em uso, maior vai será o valor do seu seguro da moto. Se não tem saída e você precisa utilizá-la no trabalho, não há muito o que fazer.

Região onde mora/estuda/trabalha: as seguradoras reúnem dados estatísticos que preveem os riscos de uma região. Por isso, se você mora, estuda ou trabalha em uma região de risco, o valor do seu seguro da moto vai sofrer um aumento. Procure evitar ir de moto a esses lugares para gastar menos com o seguro.

Porque o seguro de moto é tão caro?

O conceito de caro depende de muitos fatores e o principal é a comparação com alguma outra coisa. No caso de seguro para moto é o valor da moto e o risco. 

Comparação do preço do seguro e do valor da motocicleta.

seguro para moto
Seguro para moto

Vamos aos exemplos, se você tem uma moto que custa R$ 40,000 e você fecha uma cotação de R$4,000, significa que o seu seguro ficou em torno dos 10% que é um preço dentro da realidade, mas digamos que você possua uma moto popular de R$ 5,000 e fecha um seguro por R$2,500, quando for dividir pelo preço total do veículo verá que está pagando 50% do valor da moto, e claro que não é nada viável não é mesmo?

No segundo caso você vai pagar um seguro que daria para comprar uma moto 0km. De modo geral, o seguro de moto acaba valendo mais para motos mais caras, ou acima de 250cc. Para as motos mais em conta geralmente o seguro fica relativamente mais salgado, mas isso não é uma regra pessoal.

Comparando o seguro ao risco

Com tudo isso mesmo no segundo exemplo existe quem contrate seguro para motos mais populares, simplesmente porque algumas pessoas são mais “preocupadas” no que diz respeito ao risco, mesmo o seguro saindo mais salgado o usuário pensa mais na sua segurança e na integridade da sua vida, observando o custo-benefício, acredita que o risco é maior que o custo, fazendo assim o seguro que é caro ser uma medida atrativa e essencial.

Ela visa tudo que o seguro pode oferecer: indenização por colisão, roubo, furto, por danos corporais ou materiais a terceiros etc, ou seja, o grande leque de vantagens sobrepõe todo o valor empregado!

O seguro ficou caro demais, e agora?

Fez a sua cotação de seguro de moto e mesmo com todos os benefícios oferecidos, o valor ficou bem descolado da realidade? Não se precipite, veja o que você pode fazer.

Quanto custa contratar seguro para moto?

Antes de saber quanto custa um seguro de moto, vamos saber como de fato esse meio de transporte ganhou tanta força!

As motos a cada dia surgem no Brasil como uma alternativa de transporte mais barato para o trabalhador, rápida e econômica em relação aos carros. Nos grandes centros, muita gente prefere motocicletas para usar durante o dia, utilizando o automóvel apenas como transporte de lazer para o final de semana.

Foi nos anos 70 que o mercado de motocicletas começou no Brasil , trazendo para cá, as maiores montadoras de motos do mundo como a  Honda e Yamaha. Para isso acontecer, elas analisaram o mercado, as condições do país e inicialmente investiram em modelos mais robustos, econômicos e simples.

Nos grandes mercados, a indústria foca em Scooters, ciclomotores e motos de baixa cilindrada, tendo os veículos como caráter apenas utilitário. Saber quanto custa um seguro de moto é o maior dilema entre os motoqueiros que desejam contratar um seguro. Seguro para carros é muito mais procurado do que para moto e isso é uma realidade diária.

Sai caro contratar um seguro para moto?

O conceito de caro depende de muitos fatores e o principal é a comparação com alguma outra coisa. No caso de seguro para moto é o valor da moto e o risco. Antes de contratar não esqueça de perguntar o que o seguro de moto cobre ou também pode contratar rastreador de moto com seguro, o que também torna o seguro barato da moto.

Outra opção antes de sair de casa para visitar uma concessionária é verificar na internet algum simulador de seguro para moto, e comparar todos os seguros de moto baratos.

5/5 - (6 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Podemos presumir que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte Mais Informações